COMO DEVE SER BOM SER MODERNO DE VERDADE!

Por Virgílio de Mattos[1]

Você tem de tudo que o dinheiro pode comprar, mas trabalhou duro para ter tudo isso, não é verdade? Por isso só matando se alguém tentar atacar o seu patrimônio, não é mesmo? Você sempre se faz perguntas? Alguma das respostas é afirmativa?

Sustenta que “tá o maior terror. Os vagabundos tão soltos, aprontando. Os homens de bem estão trancados dentro de casa, apavorados”. Você acha que é isso mesmo, ou não acha nada, não entende dessas coisas? “Político é tudo igual. Política é a mesma coisa, cara. Política Pública, política privada, isso pra mim não faz a menor diferença”.

Modernidade

Então a vida é esse cisco no olho, essa remela?

Ser moderno de verdade deve ser o máximo! Um automóvel, uma geladeira e, supremo deleite: uma TV! Isso, se você tem uma TV, você já é moderno de verdade e olha que não é apenas uma questão de modernidade é de pertencimento também. Você não precisa sequer comprar a revista semanal que já pensa o que você deve pensar por um preço insignificante, não é verdade?

Aliás, termine sempre as expressões de senso comum com um indefectível “não é verdade?” Se você puder emprestar um érri fricativo paulistano, então (bem nasalado) fica perfeito (olha o érri aqui de novo).

Be cool! Até o direito penal cool você verá na modernidade, esta que está por aí, ao redor, na espreita esperando esperta e cautelosa, preguiçosamente. No problem, man. Ele quer sua alma e, sobretudo, sua capacidade de consumo.

Ser moderno de verdade é poder exercitar ao infinito o “canhoto” prazer de consumo? É isso? Então a vida é esse cisco no olho, essa remela? Ser moderno é não ter que se preocupar com nada, exceto com a conversa de gestão e modelos de metas e resultados, engenharia de produção, esses detalhes?

Então minha avó era moderna e não sabia. Coitada da minha avó. Quando “A FAMÍLIA TRAPO” começava, ela saía da sala, “porque não gosto de maldade”.

Pergunte à sua avó que programa de TV era “A FAMÍLIA TRAPO”, tempo em que a gente vivia uma ditadura civil-militar e a imprensa dizia que era welfare state.

E quem acredita em pós-tudo? Pós modernidade, pós com torradas sem manteiga e café sem cafeína.

E carnaval pós carnaval a gente batendo o triste recorde de mortos e feridos nas estradas. Algum imbecil irá propor mais rigor nas leis penais. Outro vai dizer: “é isso mesmo!”

Mais coitados do que minha avó. Pensam que podem fazer ressuscitar alguém com direito penal.


[1] – Do Grupo de Amigos e Familiares de Pessoas em Privação de Liberdade. Do Fórum Mineiro de Saúde Mental. Autor de Crime e Psiquiatria – Preliminares para a Desconstrução das Medidas de Segurança, A visibilidade do Invisível e De uniforme diferente – o livro das agentes, dentre outros. Advogado criminalista. virgilio@portugalemattos.com.br

 

Esse post foi publicado em Colaborações, Criminologia, Direito Penal, Sociedade do Controle. Bookmark o link permanente.

2 respostas para COMO DEVE SER BOM SER MODERNO DE VERDADE!

  1. Mônica disse:

    Virgílio, sou a Radiopatroa do Carlos. Estou adorando seus textos. Por favor, continue sócio deste blog e do blog do Zé Luiz. Estamos precisando de idéias frescas (e sem frescura) como as suas neste mundo meio mofado… não é verdade?

  2. Virgílio disse:

    Bitte dankchöen, radiopatroa. Do lado de um grande homem tem sempre uma grande mulher!!!
    Faltando ocê vir aqui com ele pra gente comer alguma coisa, tomar um vinho (eu quebro a ficha!) e conversar fiado, não necessariamente nessa ordem, como dizem no cinema.
    Ou o Carlos tá sendo explorado pelos “Evangelistas” até nos finais de semana?
    Aguardo um retorno, câmbio e
    Abração.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s